Casas

1ª Fase

As pessoas que procuram a A.C.A.M. para serem ajudadas, são acolhidas nas quintas de primeira fase, onde lhes são ministrados sempre que necessário os primeiros cuidados básicos de higiene, tais como o banho e a desparasitação, é também lhes fornecido roupas lavadas e comida.

Após tudo isto é feita uma primeira entrevista para fazer a ficha de admissão, e onde tentamos identificar qual o verdadeiro problema da pessoa para sabermos como a poderemos ajudar.

Sendo admitida no centro ela irá ficar por estas quintas por um tempo indeterminado, nunca inferior a 8 semanas, onde como ocupação terá pequenas tarefas de manutenção das mesmas.

Durante a sua permanência nestas quintas as pessoas são avaliadas pelo seu comportamento e adaptação á comunidade. Tendo corrido tudo bem, poderão, se houver vaga passarem então ás casas de segunda fase.

2ª Fase

As casas de segunda fase destinam-se a acolher pessoas, que já se encontram no centro á pelo menos 8 semanas, e demonstram uma grande força de vontade para ultrapassar os seus problemas e começarem o seu processo de reintegração na sociedade.

Estas casas têm um papel importante na vida destas pessoas, pois é delas que saem para contactarem de novo com a sociedade, através de pequenos trabalhos que vão sendo chamados a realizar, situação que as leva a serem de novo reconhecidas como pessoas válidas para a sociedade.

Esta fase termina quando as pessoas se sentem com força e motivação para de novo recomeçar uma nova vida, embora o período de tempo aconselhado seja um ano de comunidade.